Doenças


Neosporose

A neosporose é causada por um parasito chamado Neospora caninum, que tem como hospedeiro o cão, figura comum nas fazendas. As fezes de cães infectados podem contaminar água e alimentos dos bovinos. 

Nas vacas contaminadas, o protozoário pode induzir abortos a partir do segundo mês de gestação, afetando o desfrute do rebanho. Existe a suposição de que as vacas também podem se infectar por meio de ingestão da placenta ou líquidos do aborto contaminados.

Como reconhecer

As vacas infectadas, geralmente são portadoras assintomáticas. Os abortos se concentram a partir do terceiro mês de gestação até o momento próximo ao parto; também podem ocorrer mumificações, mortes no útero seguidas de absorções e natimortos. Os bezerros que nascem vivos podem ter sinais clínicos de paralisia, baixo crescimento e baixo ganho de peso. Também podem estar infectados no útero, mas sem sinais clínicos, fato que contribui para persistência e disseminação crônica da doença no rebanho. 

A variação das manifestações clínicas depende da idade do feto, do estágio de desenvolvimento do sistema imune, tempo de exposição ao parasito e distribuição das lesões no SNC. Os sintomas nervosos são decorrentes da destruição de grande número de células dos nervos craniais e espinhais, o que afeta a condutividade. Miosites e deformidades dos membros são devido à degeneração muscular. A morte do feto provavelmente ocorre devido à miocardite.

O parasito pode ser encontrado em vários tecidos, principalmente no cérebro das espécies infectadas, como bovinos, cães, ovinos, equinos e caprinos. 

A Neosporose pode ser diagnosticada a partir de casos de aborto. Um teste sorológico positivo indica exposição, mas não necessariamente infecção. O diagnóstico diferencial para aborto deve incluir Diarreia Bovina a Vírus (BVD), Rinotraqueíte Infecciosa Bovina (IBR), Leptospirose e Brucelose.

Para confirmar se o aborto foi causado por N. caninum, o parasito deve ser encontrado nos tecidos fetais. O isolamento e cultura do agente também confirmam a presença de Neospora caninum. 

Como tratar

Não existe tratamento para Neosporose bovina até o momento.

Como evitar

No caso de transferência de embrião, usar somente receptoras soro-negativas; redução da exposição de cães a tecidos infectados como placenta, fetos abortados; remoção de fetos, crias mortas e placentas dos hospedeiros definitivos das pastagens; reduzir o número de cães em contato com o rebanho; cobrir os alimentos; enviar ao laboratório fetos abortados e placenta para diagnosticar a causa do aborto e fazer a sorologia do rebanho.


Veja mais


  • 01
  • | Total: 1 items