Doenças


Pneumonias

A broncopneumonia dos bezerros é uma doença que afeta os pulmões dos animais. É de ocorrência bastante comum, principalmente em animais de criações leiteiras. É o segundo problema de saúde mais comum de bezerros jovens, sendo a diarreia o problema número um.

As causas podem ser várias, mas em geral um conjunto de bactérias e vírus provoca a série de sintomas que caracterizam a doença. A broncopneumonia acontece como consequência da interação de três fatores: agentes causadores, condição geral do animal (nutrição) e condições ambientais (estresse, ventilação).

A Pneumonia frequentemente acompanha outras doenças infecciosas. Os organismos associados a esta doença normalmente não causariam sintomas clínicos sem a presença dos fatores predisponentes. A doença é transmitida diretamente de um animal para outro e, muitos criadores, simplesmente aprendem a conviver com ela, já que sua eliminação completa é muito difícil. 

Como reconhecer

Considerando-se o fato dos bezerros não apresentarem sinais agudos de pneumonia até atingirem um mês de vida, eles podem hospedar ou ser infectados com microorganismos nestas primeiras semanas de vida. Sinais clínicos são muito variáveis e geralmente são observados em combinação.

Numa fase inicial, o que se percebe são animais febris, com perda de apetite e bem apáticos. A tosse também aparece no início. Com a evolução do quadro, esses sinais podem se tornar mais brandos, dando a falsa impressão de uma melhora. No entanto, a tosse continua e começa a haver a eliminação de uma secreção purulenta pelas narinas. Pode ocorre diarreia. Animais gravemente afetados têm dificuldade para respirar e podem morrer.

Como tratar

A detecção precoce da doença é importante para sua chance de sobrevivência. O tratamento pode ser feito com antibióticos específicos. Outros medicamentos podem ser usados como coadjuvantes, tais como os mucolíticos e os expectorantes. Em casos avançados, pode ser necessária a aplicação de broncodilatadores e mesmo a oxigenoterapia. Entretanto, é fundamental determinar quais as condições ambientais que estão colaborando para o aparecimento da doença. O tratamento de animais mantidos em ambientes úmidos e sujos certamente não terá sucesso.

O bezerro deve ser colocado em um ambiente agradável e protegido do frio (com sol), seco e bem ventilado (com ar fresco). Diarreia e desidratação podem ser tratadas pela administração de fluidos. Geralmente, tratamentos com antibióticos são desejados para que se reduza o efeito de invasões bacterianas secundárias.

Como evitar

A redução parcial ou eliminação de fatores predisponentes, e a melhoria nos procedimentos de manejo inadequados, reduzirão a ocorrência de pneumonia significativamente. 

Algumas medidas importantes são: higiene do ambiente, ingestão adequada de colostro, tratamento correto do umbigo dos recém-nascidos, alojamento seco e individual, boa ventilação natural e ausência de estresses nutricionais e de manipulações desnecessárias, manter em dia o calendário de vacinações e combate a parasitos. Vacinas contra vários microorganismos envolvidos com pneumonia estão disponíveis comercialmente, mas estas devem ser consideradas apenas quando agentes específicos são detectados e identificados. Um programa de vacinação relevante, que leve em consideração os agentes prevalentes na propriedade, deve ser feito com a ajuda de um veterinário.

Produtos Vinculados: Bioxell, Oxitrat-LA, Oxitrat-LA Plus, Vetflogin.


Veja mais


  • 01
  • | Total: 1 items